A menos de trinta dias para a abertura dos jogos da Copa do Mundo, é muito pouco tempo para sabermos o que acontecerá na nossa cidade e no Brasil. Curitiba está entre as cidades com o maior índice de rejeição ao evento, por mais que critiquem o resultado da pesquisa, é inegável o descontentamento com o assunto.

Afinal, gastou-se demais, quase nada está pronto, arenas atrasadas, e um imenso canteiro de obras espalhadas por todas as cidades-sede. Para completar, o mínimo de informações disponibilizadas é desencontrada e não contribui para mobilizar e motivar a população para o grande evento.

Como disse Sérgio Xavier em sua coluna diária na rádio Band News FM, “só nos restam duas pessoas para salvar a Copa: Felipão e Neymar!

Tomo a liberdade de adotar a frase e acrescentar um terceiro elemento: as micro e pequenas empresas espalhadas pelo nosso Brasil. Elas fizeram a lição de casa, servindo perfeitamente de exemplo para nossos governantes de como planejar, aproveitar oportunidades e não dar o passo maior do que podem.

Durante os últimos três anos, o SEBRAE apoiou milhares de empresas no Brasil para prepará-las a estabelecer uma visão de futuro, avaliar e desenvolver o potencial instalado e crescer consistentemente, baseadas em um planejamento e acompanhamento de oportunidades e desafios possíveis de serem enfrentados e superados.

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Hoje podemos ouvir depoimentos de empresários que cresceram, abriram novos mercados, criaram novos produtos, contrataram mais talentos, estabeleceram parcerias, buscaram conhecimento, inovaram, sempre com os pés no chão, sem nunca se iludirem com a Copa como um evento fim e sim uma grande oportunidade de crescimento de seus negócios.

Nossas micro e pequenas empresas servem como exemplo, mais uma vez, de força motora para o nosso País, o futuro promissor, a liderança empreendedora, voraz, ética e inspiradora para o futuro do Brasil.

A Copa está aí, vamos mostrar nossa simpatia, hospitalidade e profissionalismo, recebendo os turistas, fazendo negócios, torcendo para um bonito evento e que Felipão, Neymar, e todo o time brasileiro das micro e pequenas empresas, salvem a Copa!

 

 

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast