1.4.6 Mente Verde

Na última década vimos a ascensão de movimentos como o veganismo, a economia circular, e ações populares para pressionar instituições com pouca – ou nenhuma – responsabilidade ambiental. Estas preocupações não cessam com a virada da década e, muito pelo contrário, se intensificam, atingindo cada vez mais pessoas. Por isso, nos próximos anos o público […]

1.4.4. Manualismo e a redescoberta do tátil

Sem muitas opções de atividades fora de casa durante a pandemia, e precisando descansar os olhos das telas, as pessoas redescobriram os prazeres das atividades manuais. Crochê, bordado, pintura, marcenaria, customização de roupas, velas, e artesanato em geral, são alguns exemplos das atividades em alta no momento. Esta tendência, aliás, tem muita semelhança com o […]

1.4.3 Comprinhas Impulsivas

Outro sintoma pós-pandêmico que estará presente na população é a impulsividade. Embora os índices econômicos não estejam favoráveis, o consumo de produtos e serviços tende a crescer – e o comércio já começa a sentir os primeiros impactos da retomada. Para o mercado em geral, estas são boas novas, mas para o consumidor nem tanto: […]

1.4.2 Rituais Autorrelax

Não necessariamente ligado a questões místicas (mas podendo também), tem havido uma crescente “ritualização” de tarefas cotidianas até então percebidas como banais. O café da manhã, o banho, a hora de dormir, e até mesmo a luzes das nossas casas, tem sido ressignificados por atitudes contemplativas, desde a utilização de cremes e velas até as […]

1.4.1 Transcendentalismo

Aumenta na população jovem a curiosidade por assuntos místicos e o interesse por explorar sua espiritualidade, independente de crenças religiosas já previamente vinculadas ou não. Os momentos a sós ganham novos significados, incluindo agora uma busca consciente pela paz e “cura” interior. Afinal, faz parte do processo de autoconhecimento [hyperlink tendência “Autoconhecimento”] também o desenvolvimento […]

1.3.2 Mania de Limpeza

Como sequela sociocomportamental da crise sanitária, parte da população poderá continuar preocupada com a atenção geral dada à higienização, mesmo após a pandemia. Esta preocupação já não se refere mais ao coronavírus em específico, mas à facilidade de transmissão de doenças, vírus e bactérias que a COVID-19 evidenciou. Propensos a sentir desconforto em meio a […]

1.3.1 Cada coisa em seu lugar: trabalho x casa

A magia do home office e do trabalho remoto podem ter trazido diversos benefícios para as empresas e, especialmente, para os colaboradores, mas este segundo grupo agora lida com um outro lado da moeda. Com a popularização deste modelo de trabalho, se tornaram mais comuns problemas como falta de infraestrutura, gastos inesperados (como água e […]

1.2.4 O Poder do Coletivo

Reuniões, chats, jogos, crowdfunding, compras: com a aceleração do aprimoramento destes serviços via online, no período da pandemia a internet nos proporcionou um salto nas possibilidades de interação com pessoas e grandes grupos que estão fisicamente distantes. Estes novos formatos não só vieram para ficar como ainda, no momento, parecem ter acendido novas descobertas  em […]

1.2.1 Orgulho das Raízes

Em algumas culturas, especialmente de países emergentes, cresce na população uma busca por redescobrir as características de suas raízes e abraçá-las. Roupas, costumes, músicas, comida e muito mais: o que antes era muito “peculiar” de uma cultura, ou que tentava-se “adequar” a culturas mais dominantes (sendo muitas vezes motivo de vergonha), se transforma agora em […]

1.1.3 Smart Homes, Smart Life

Lâmpadas acionadas por aplicativos, eletrodomésticos comandados por voz, objetos conectados uns aos outros via IoT (“Internet of Things”, ou “Internet das Coisas” em português): as casas inteligentes são o futuro do que chamaremos de lar. Embora ainda não seja uma febre, esta é uma tendência que merece atenção porque em breve, sem dúvidas, também transformará […]

2.5.5 Novas mulheres, novos homens

Presente na última edição do Guia de Tendências do SEBRAE, esta tendência continua a crescer. Notando o desgaste do público com estereótipos datados sobre o que significa ser masculino ou feminino, o mercado tem modificado o modo como representa homens e mulheres em suas publicidades, além da forma como se comunica com os mesmos através […]

2.5.4 Ageless: sem idade

Para além de uma tendência demográfica, o envelhecimento da população começa a alcançar novas gerações e traz uma ressignificação sobre a terceira idade. De perfis mais “joviais”, mais dispostos a experimentar, e inclusive mais digitalizados (especialmente após a pandemia), o público idoso passa a se portar de modo mais ativo e presente no mercado. Esta […]

2.5.3 Pet families

Nos últimos anos, e inclusive após a chegada da pandemia, a importância dos pets no cotidiano das pessoas tem ganhado um crescimento notável. Sejam famílias formadas por tutores e filhos, apenas cônjuges, ou mesmo pessoas em jornadas solo, estes núcleos tem considerado cada vez mais os animais domésticos como parte de sua “composição oficial”, criando […]

2.5.2 Acesso PcD

Junto às pautas de inclusão, crescem as discussões sobre acessibilidade para pessoas com deficiência (PcD). Mesmo bastante diversificado (afinal, existem várias formas de deficiência), este grupo também se fortaleceu enquanto comunidade nos últimos anos e está lutando por mais visibilidade e respeito. Implementar acessibilidade não pode se reduzir às famosas “rampas mal construídas”, que normalmente […]

2.4.3 Carbon Free

Outro movimento que tem se destacado recentemente no mercado global é o de redução da emissão de carbono. Desde grandes a pequenas empresas, já é notável um crescente redirecionamento à sustentabilidade nas prioridades de gestão, e nesta tendência as empresas fazem isto adequando sua cadeia produtiva com foco em “zero carbono”. Esta é uma mudança […]

2.4.1 Sobras são a nova matéria-prima

“Filhos” da Economia Circular, o upcycling e outros conceitos similares seguem agitando o mercado e sendo inspiração para muitos negócios, atribuindo aos “restos” não mais a ideia de lixo descartável, mas de matérias-prima com grande potencial. Os materiais de “ex-descarte” podem ser comercializados ou permutados entre empresas parceiras, doados pela ou para a população, reutilizados […]

2.3.5 Fraternidades comerciais

“É possível que marcas concorrentes, diretas ou indiretas, possam desenvolver em suas relações uma competitividade inteligente e saudável, onde mais uma vez elas mesmas e o público podem sair ganhando”. Isto soa familiar? Pois é, este é um trecho da primeira vez que a tendência “Fraternidades comerciais” foi publicada no Guia de Tendência do Sebrae, […]

2.3.4 Marcas educadoras

Encontrar colaboradores qualificados nem sempre é fácil para os negócios. Por isso, ao invés de esperar passivamente por candidatos que atendam a todas as competências, muitas empresas estão preferindo “erguer as próprias mangas” e se tornarem elas mesmas condutoras de conhecimento. Enquanto algumas implementam esta ideia de modo interno, oferecendo treinamentos, cursos ou bolsas de […]

2.3.3 Telesserviços

Como vimos na tendência 2.2.4 Trabalho a distância e escritórios híbridos, a pandemia foi um divisor de águas para o mercado, forçando os negócios e os consumidores a definitivamente se adaptarem ao consumo remoto. Agora que a familiaridade com este tipo de negociação já atingiu as maiores massas, serviços antes vistos como totalmente presenciais passam […]

2.3.2 Delivery de tudo

À medida que as compras online foram ganhando popularidade durante a pandemia, a necessidade das empresas em pensar na logística de entrega também aumentava. Esta corrida contra o tempo pode ter sido um tanto estressante para alguns no início, mas atualmente a maior parte do mercado já se adaptou. Por isso, se o seu negócio […]

2.3.1.Serviços por Assinatura

A oferta de serviços no modelo de assinatura tem crescido a cada ano, fazendo com que a ideia de compra se desvencilhe aos poucos da ideia de posse: o consumidor não paga mais para adquirir, mas para acessar e experienciar. Isto não só é vantajoso para ele por não precisar mais armazenar tantos objetos em […]

2.2.2 Lojas físicas ressignificadas

Como mencionado na tendência 2.2.1 “Lojas digitais: vendas 24 horas”, a chegada da era dos negócios digitais não faz com que as lojas físicas deixem de existir. Ao invés disso, aos poucos elas passam por uma transformação considerável enquanto estratégia de mercado. Não mais limitados a “pontos de venda”, esses espaços agora se tornam uma […]

2.2.1 Lojas digitais: vendas 24 horas

Disponibilizar o seu negócio no meio online traz uma série de vantagens, sendo talvez a principal delas o fato de que, a qualquer hora, em qualquer lugar, alguém pode estar adquirindo seus produtos e serviços. Digitalizar um negócio não significa necessariamente extinguir os estabelecimentos físicos já existentes, mas estender as possibilidades de marketing e venda. […]

2.1.4 Livres para ir e vir

“Encurralar” ou “cercar” os consumidores foi uma prática bastante explorada pelo mercado em décadas passadas. Apesar de antiquada nos dias atuais, ainda é comum encontrar negócios insistindo no seu uso, causando situações de desconforto entre os consumidores ou mesmo originando problemas mais graves (como processos judiciais, por exemplo). Atendentes que seguem consumidores em lojas físicas […]

2.1.3 Informações de qualidade e embasamento científico

Como resposta ao período da infoxicação e das fake news, as empresas precisam cuidar cada vez mais da curadoria de informações compartilhadas – mesmo quando estas informações são produzidas por elas mesmas. Por enquanto, a desconfiança do consumidor segue crescendo, com o público em alerta e disposto a caçar os nomes das pessoas ou instituições […]

2.1.2 Sustentabilidade é a nova base dos negócios

sustentabilidadea nova base dos negócios

Outro tópico importante notado por grandes empresas em todo o mundo é a necessidade urgente de adequar seus processos gerais com práticas mais sustentáveis. Desde cadeias de produção, até o ciclo de vida dos seus produtos, é importante se inteirar integralmente a respeito de como o seu negócio se relaciona com o meio-ambiente e a […]

2.1.1 Todos são bem-vindos

Um mundo globalizado e hiperconectado é intrinsecamente diverso e multicultural. A inclusão de grupos minoritários, antes pouco percebidos ou atendidos pela indústria, é uma das grandes exigências do consumidor atual (mesmo daquele que não faz parte destes grupos diretamente). O que se espera é que as empresas se demonstrem, para além de discursos, preparadas na […]

1.1.1 Consumo Digital

De bancos 100% digitais à telemedicina, o público já se habituou à ideia de consumir serviços totalmente digitais, e agora espera poder solucionar a maior parte dos problemas cotidianos no conforto de sua casa. Isto inclui consultar serviços, realizar compras e pagamentos, e demais tipos de atendimento. Isto é, embora os consumidores não pretendam abandonar […]