1.4.4. Manualismo e a redescoberta do tátil

Sem muitas opções de atividades fora de casa durante a pandemia, e precisando descansar os olhos das telas, as pessoas redescobriram os prazeres das atividades manuais. Crochê, bordado, pintura, marcenaria, customização de roupas, velas, e artesanato em geral, são alguns exemplos das atividades em alta no momento. Esta tendência, aliás, tem muita semelhança com o movimento DIY (“Do it yourself”, ou “Faça você mesmo”) e com a cultura Maker, já presentes nos últimos anos em diversas outras tendências e relatórios. Aqui, o que compreendemos é que o desejo por experimentação, autonomia e personalização, e mais que isso, por práticas táteis ou sensoriais, seguem crescentes no imaginário coletivo.


Insights

O que você pode fazer:

  • Que tal criar kits para que o seu consumidor monte ou execute uma tarefa em casa? (Por exemplo, se o seu negócio é de alimentos ou massas, ofereça um kit com os ingredientes necessários para as receitas – pão, pizza, etc)
  • Que tal ainda criar vídeos com instruções ou informações relacionadas a estes kits? Transmitir conhecimento e dar autonomia para o público é uma ótima maneira de se conectar a ele e engajá-lo com a sua marca.
  • Inspirações estéticas em movimentos como o artesanato e o DIY podem ser uma boa pedida também.

Para refletir:

  • De que forma seu negócio pode explorar experiências táteis como um diferencial para os clientes?
  • Considerando os produtos e serviços que o seu negócio oferece, é possível implementar a possibilidade de customização pelo cliente? Se sim, como?

Dados

  • Uma das estrelas do nicho de artesanato, Marcelo Darghan está a 30 anos no mercado e teve um aumento do seu canal de 30% em seguidores e engajamento. Marcelo bateu mais de 120 mil inscritos e presenciou uma mudança expressiva de audiência. 
    Fonte: Canal Craft
  • Quase 70% dos expositores da Mega Artesanal, a maior feira de produtos e técnicas para arte, artesanato e artes manuais da América Latina, perceberam crescimento no faturamento em canais online e 65,7% se deparam com novos clientes, segundo dados da WR São Paulo. 
    Fonte: Portal Comunique-se; Fonte mencionada: WR São Paulo