1.3.5 Autoconhecimento e Inteligência Emocional

Se na tendência “Autogerenciamento” falamos sobre organização cotidiana, a tendência de “Autoconhecimento e inteligência emocional” se trata das organizações internas. Isto é, aqui o processo de organização se dá através de “mergulhar dentro de si”: conhecer-se mais a fundo, compreender as raízes das próprias emoções e identificar os recursos melhor compatíveis às necessidades reveladas. Este processo não só ajuda as pessoas a lidarem melhor com suas próprias questões, como pode ainda aprimorar o modo de relacionamentos e a comunicação social. À medida em que crescem na sociedade os problemas (e os debates) relacionados à saúde mental, a ideia de investigar a si mesmo passa a atrair cada vez mais o público.


Insights

O que você pode fazer:

  • Estude a possibilidade de oferecer para os colaboradores ou para você mesmo treinamentos e práticas relacionados a comunicação assertiva, inteligência emocional, e inteligência interpessoal.
  • Busque por recursos de amparo psicológico para os colaboradores e implemente-os no seu negócio, se possível.

Para refletir:

  • Como a sua empresa pode deixar os colaboradores mais seguros e à vontade para darem suas contribuições, participando das tomadas de decisão?

Vale a pena pesquisar sobre:


Dados

  • Segundo relatório publicado pelo Spotify em 2020, quase um terço da geração Z e dos millennials brasileiros afirma escutar podcasts relacionados à saúde mental.
  • 71% do mesmo público também diz utilizar áudios para lidar com estresse e ansiedade.
    Fonte: Marcamais, Spotify