1.1.3 Smart Homes, Smart Life

Lâmpadas acionadas por aplicativos, eletrodomésticos comandados por voz, objetos conectados uns aos outros via IoT (“Internet of Things”, ou “Internet das Coisas” em português): as casas inteligentes são o futuro do que chamaremos de lar. Embora ainda não seja uma febre, esta é uma tendência que merece atenção porque em breve, sem dúvidas, também transformará o cotidiano do público e o seu entendimento por “essencial”.


Insights

Para refletir:

  • Como o seu negócio pode adaptar ou utilizar produtos conectados?

O que você pode fazer:

  • Comercializar produtos IoT
  • Aplicar esses produtos em sua comercialização ou serviço
  • Desenvolver produtos próprios utilizando tecnologias do mercado

Dados

  • Um estudo publicado pela IDC projetou alta de 21% para o mercado brasileiro de casas inteligentes.
  • De acordo com o estudo, equipamentos de segurança (32%), elétricos (32%), smart speakers (25%) e termostatos (28%) devem impulsionar o crescimento no país. Já em aspectos globais, o segmento de casas inteligentes deve crescer, em média, 11,9% nos próximos anos.
    Fonte: New Voice; Fonte mencionada: IDC