O Selfie é um autorretrato, ou seja, uma foto que você tira de você mesmo, normalmente tirado com aparelhos de celular ou máquinas de fotografia digital. Já é uma mania entre os jovens e o nome desta prática ficou mais conhecido com a foto tirada na última cerimônia de entrega do Oscar que teve mais de um milhão de visualizações em poucas horas. Mas o que isso tem a ver com uma prática empreendedora?

Toda empresa precisa, de tempos em tempos, parar e tirar uma foto do atual estado das coisas. Esta foto é um diagnóstico da sua empresa e principalmente um instantâneo da imagem percebida do seu negócio. No Selfie, este autorretrato registra o momento e permite que você olhe aquela cena de outra perspectiva. Na empresa também é importante fazer este diagnóstico e perceber o momento atual da sua empresa e enxerga-la de fora pra dentro pois somente assim poderá corrigir eventuais falhas e projetar o futuro do negócio.

Nem sempre a imagem que eu quero que meu cliente enxergue da minha empresa é percebida da forma correta. Esta diferença entre a identidade da empresa e sua imagem podem trazer consequências devastadoras para o negócio. Vou dar um exemplo que por questões éticas não citarei o nome da empresa. Esta empresa tem mais de 50 anos, é percebida como sólida e tradicional e sua força está exatamente nesta longa experiência que transmite a confiabilidade que este produto precisa ter. Após uma reestruturação na empresa um novo Diretor de Marketing decidiu rejuvenescer a marca e toda sua comunicação ficou mais colorida e com jovens na cena. Isso confundiu quem já era cliente pois não identificavam na comunicação os elementos da marca como a tradição e por outro lado novos clientes que buscavam a jovialidade eram surpreendidos com a falta de inovação esperada.

Este tipo de erro é mais comum do que se imagina. Muitas vezes as empresas erram no tom da comunicação e na linguagem. É como tentar conversar com o jovem de hoje usando gírias da década de 70. Para evitar este tipo de erro é necessário constantemente a prática do “Selfie empresarial”. Entre os jovens quando tiram seu autorretrato e a foto não fica boa, eles simplesmente tiram uma nova foto corrigindo os defeitos da foto anterior. Infelizmente nas empresas está prática não é comum e os autorretratos/diagnósticos são raros não permitindo corrigir pequenos detalhes na percepção da imagem que o cliente tem da empresa.

Pratique o “Selfie Empresarial” frequentemente e corrija rapidamente esta diferença entre identidade e imagem. Não permita que os erros citados neste post aconteçam em sua empresa simplesmente por que existe esta falta de sincronia entre a imagem percebida pelo cliente e a que deseja transmitir devido ao longo tempo sem diagnosticar ou se autorretratar.

Você sabe qual a percepção que seus clientes tem da sua marca?

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Este conteúdo foi útil para você?


Este conteúdo foi útil para você?

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast