A agricultura familiar vem conquistando muitos avanços com relação ao aumento de produtividade nos últimos anos, isso é importante para que o segmento atenda a demanda por alimentos e isso se faz investindo em tecnologia e inovação agrícola.

Esta declaração foi dada pelo ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Laudemir Müller.

“Houve um aumento na renda de mais de 40 milhões de brasileiros que gerou uma demanda extra confortavelmente atendida pelos agricultores familiares, porém, ainda é preciso levar mais tecnologia para que o pequeno agricultor avance em termos de produtividade”, afirma o ministro”.

A avaliação da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), de acordo com seu último relatório.

“A agricultura familiar é, de longe, a forma dominante de agricultura no mundo. Estima-se que ocupe cerca de 70% a 80% das terras agrícolas e produza mais do que 80% dos alimentos no mundo em termos de valor”, diz a entidade.

Entretanto, a FAO alerta que para a inovação seja possível, é preciso haver condições macroeconômicas estáveis, regimento jurídico e regras transparentes, ferramentas para a gestão de riscos e infraestrutura de mercado.

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Deixo também um importante alerta, inovação não é sinônimo tão somente de investimentos financeiros em tecnologia, muitas inovações podem acontecer bastando estudo, dedicação e mudanças, sejam elas, estratégicas ou de processos.

Pense nisso!

Fonte:

http://www.dci.com.br/agronegocios/pequeno-deve-investir-em-inovacao–id421822.html

 

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast