O termo remete a guerra que se faz atacando flancos dos oponentes que estão desguarnecidos. No marketing significa atacar o concorrente em áreas que ele não esperava criando impacto e surpresa com ações inovadoras.

Com as verbas de marketing cada vez menores as empresas precisam divulgar suas marcas e produtos de forma criativa. Como os custos são baixos, MPE –micro e pequenas empresas com um pouco de criatividade podem fazer um grande barulho.

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

As redes sociais e a população se encarregam de divulgar a ação. É o Buzz marketing ou o antigo boca a boca.

As empresas podem usar a inovação, o entretenimento, vantagens que as pessoas levam ao participar, a vaidade, a surpresa e fatos que as pessoas queiram divulgar para seus contatos na rede social. O importante é investir pouco e gerar muitos comentários positivos. Obviamente uma ação mal planejada e principalmente mal executada pode repercutir negativamente na marca. A simplicidade não deve ser sinônimo de falta de planejamento. Tente prever o máximo de situações possíveis negativas ou positivas da ação antes de executá-la.

Sua empresa já fez alguma ação de marketing de guerrilha? Conhece alguma ação que deu certo? Comente em nosso blog.

Este conteúdo foi útil para você?


Este conteúdo foi útil para você?

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast