Estamos muito próximos do dia das mães. Aproveito este momento para agradecer a minha mãe e também para refletir sobre algumas outras questões.

Durante minha infância, em casa, nós não valorizávamos e nem tínhamos roupas e tênis de marca. Nós não íamos ao Mac Donald´s. Preferíamos livros a brinquedos caros e adorávamos ouvir as histórias de Monteiro Lobato, hoje alvo de retaliações por parte de alguns. Não tinha essa história de fazer a unha ou o cabelo para satisfazer uma mera vaidade de adolescente. Obrigada por tudo isso, mãe!

E quando eu queria comprar um gibi, ou ir a um show de rock, eu tinha que correr atrás. Vendia sanduíche na escola, fazia pinturas em camisetas de alunos na escola, fazia tatuagens de nankim na garotada do prédio. Para complementar o dinheiro e angariar fundos. Obrigada mãe!

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Mas afinal de contas, o que é ser empreendedor?

Ser empreendedor não é somente abrir uma empresa e ser um empresário. E ser um empresário não é o mesmo do que ser um empreendedor. Parece confuso, não?

Mas não é! Ser empreendedor é ser ousado, criativo e inquieto. É possuir crítica e valorizar o conhecimento. Desta forma, as empresas de sucesso certamente possuem grandes empreendedores entre seus donos e colaboradores.

Por isso eu agradeço minha mãe. Que me ensinou tudo isso. Mas eu também sou mãe. E sendo assim tenho que tomar o mesmo cuidado para educar minha filha. Não só com os mimos ou impondo limites. Mas dando o exemplo também.

Portanto, nós mães também somos as grandes responsáveis em acreditar nos sonhos e criar os futuros empreendedores do nosso país.

Feliz dia das mães e, obrigada de novo mãe!

 

Este conteúdo foi útil para você?


Este conteúdo foi útil para você?

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast