Falarmos em finanças empresariais e não falarmos do lucro da empresa é como pensarmos em praia sem ir à praia!

Afinal, o lucro é o grande propósito de toda empresa, senão, a grande obrigação de toda empresa!

Obter lucro nas operações traz um grande compromisso para os clientes – aqueles que propiciaram a obtenção do lucro – que é retribuir-lhes a preferência com um melhor atendimento futuro.

Esse melhor atendimento está associado a:

  • Oferecer novidades de produtos (melhores, mais modernos, mais atuais, mais opções, mais técnicos, mais qualidade, …)
  • Oferecer um atendimento diferenciado (com pessoal treinado, com ambiente especializado, …)
  • Oferecer rapidez na entrega (com processos mais rápidos, com fornecedores mais ágeis, …)
  • Oferecer garantias estendidas (com suporte técnico, com treinamentos técnicos, com durabilidade maior ao produto ou serviço, …)
  • Oferecer preços compatíveis a expectativa dos clientes (preços adequados ao perfil do produto, preços competitivos em relação ao mercado concorrente, …)
  • Oferecer prazos desejados pelos clientes (os prazos que os clientes querem via de regra é muito superior aos prazos que os fornecedores concedem…)

Você percebe que tudo que diz respeito e atender bem o cliente “mexe” liberalmente com o desempenho da empresa? Que tudo que se faça de melhor para o cliente pode representar riscos para a empresa?

Sim, é preciso “ficar esperto”, saber planejar bem quanto custa o bom atendimento ao cliente!

Quer alongar mais suas análises? Abaixo trago outros posts já editados para você rememorar, porque complementam essa nossa conversa.  (Copie o endereço e cole em uma nova página)

 

Que tal avaliar o desempenho econômico de sua empresa?

http://sites.pr.sebrae.com.br/restore_blog/site/2013/12/16/o-ano-esta-acabando-que-tal-avaliar-o-desempenho-economico-de-sua-empresa/

 

Você está vendendo só por vender ou para ter lucro?
http://sites.pr.sebrae.com.br/restore_blog/site/2014/06/23/voce-esta-vendendo-so-por-vender-ou-para-ter-lucro/

 

Pior do que não vender, é, vender e não receber!
http://sites.pr.sebrae.com.br/restore_blog/site/2014/04/13/atencao-pior-que-nao-vender-e-vender-e-nao-receber/

 

Sobra de dinheiro em caixa não é sinônimo de lucro!
http://sites.pr.sebrae.com.br/restore_blog/site/2014/03/31/sobra-de-dinheiro-em-caixa-nao-e-sinonimo-de-lucro/

 

Custo meta – esse pode ser o seu desafio!
http://sites.pr.sebrae.com.br/restore_blog/site/2014/01/27/custo-meta-esse-pode-ser-o-seu-desafio/

 

11 dicas para encontrar o seu lucro!
http://sites.pr.sebrae.com.br/restore_blog/site/2013/12/09/11-dicas-para-encontrar-o-seu-lucro/

 

 

E lembre-se: a sua empresa é como uma plantinha num vaso, necessita de seus cuidados permanentes:

  • regá-lo regularmente
  • colocá-lo ao sol para realizar a sua fotossíntese
  • adicionar-lhe nutrientes
  • cuidar de sua poda
  • dedicar-lhe atenção

Tudo isso para que você possa contemplá-la com satisfação, sentir orgulho, mostrar aos amigos e clientes como ela é saudável e pode dar frutos!

Pense em tudo isso!

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Este conteúdo foi útil para você?


Este conteúdo foi útil para você?

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast