Para resolver problemas de segurança pública, transporte e mobilidade urbana, as ruas, semáforos e postes vêm se enchendo de sensores que geram dados, e trazem informações em tempo real. Com isso as cidades estão se tornam cada vez mais interligadas, viabilizadas por conhecimento, tecnologia, e redes digitais, que produzem essa inteligência.

Tem ainda o surgimento de um grande número de aplicativos a cada dia, estes aplicativos estão transformando a forma de interação em especial a dos jovens nas cidades que nos fazem olhar para o futuro e imaginar como deveria ser as nossas cidades frente as novas tecnologias.

Surge aí um conceito novo o de Cidades Inteligentes que são aquelas que utilizam toda a tecnologia da informação para amenizar os problemas urbanos, como os da mobilidade. Que sentido faz ter semáforos de trânsito fechado por um longo tempo em ruas congestionadas e aberto em outra cujo fluxo de carro é pequeno. A cidade inteligente disponibiliza informações aos moradores onde há problemas, mostra caminhos alternativos. Com tantas possibilidades de comunicação, a missão de circular pelas cidades não deve ser tão complicada.

Isso tudo não é uma prerrogativa das grandes cidades, as pequenas também deverão se preocupar com isso, a produção desses dados em redes de cidades, possibilitam oportunidades de negócios para Startups, MPE de base Tecnológica que podem lucrar com dispositivos e sistemas para fazerem cruzamentos destes dados que gerem conhecimento e qualidade de vida tornado Inteligente nossas Cidades.

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Este conteúdo foi útil para você?


Este conteúdo foi útil para você?

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast