Quem quiser pagar o preço aplicado antes da alta do dólar, tem que correr para aproveitar os finais dos estoques antigos, pois tudo que está sendo importado agora, já sofreu acréscimo.

Confiram alguns itens que ficaram mais caros.

Maquiagens e perfumes: Apesar de existirem muitas marcas nacionais, grande parte de perfumes e maquiagens que chegam ao país são importadas. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) do mês de março (Dados coletados entre 15 de fevereiro e 15 de março) aponta o aumento de 4,72% no preço de maquiagens e 3,97% no preço de perfumes.

Tablets: 34% dos tablets tiveram aumento entre o começo do ano e o mês de março, aponta o comparador de preços. O maior destaque foi para o Samsung Galaxy Tab 3, que aumentou 175%.

Câmera GoPro: As câmeras portáteis de alta qualidade valem cerca de 500 dólares. Antes era possível comprá-las por R$ 1200,00, com a alta do dólar o valor subiu para R$ 1750

Peixes: O bacalhau já está mais caro. O IPCA-15 calculou o aumento de 6,75% a esse tipo de alimento.

Vinho e frutas secas: Os produtos, muito consumidos no Natal, ficaram mais caros com a alta do dólar, já que na grande maioria são importados.

A subida do dólar é influenciada por fatores internos e externos. No Brasil preocupam, além do impasse sobre o ajuste fiscal, a desaceleração da economia; a inflação acima da meta do governo federal; e até um possível racionamento de água e energia.

É hora de apertar o cinto!

Quem quiser pagar o preço aplicado antes da alta do dólar, tem que correr para aproveitar os finais dos estoques antigos, pois tudo que está sendo importado agora, já sofreu acréscimo.

Confiram alguns itens que ficaram mais caros.

Maquiagens e perfumes: Apesar de existirem muitas marcas nacionais, grande parte de perfumes e maquiagens que chegam ao país são importadas. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) do mês de março (Dados coletados entre 15 de fevereiro e 15 de março) aponta o aumento de 4,72% no preço de maquiagens e 3,97% no preço de perfumes.

Tablets: 34% dos tablets tiveram aumento entre o começo do ano e o mês de março, aponta o comparador de preços. O maior destaque foi para o Samsung Galaxy Tab 3, que aumentou 175%.

Câmera GoPro: As câmeras portáteis de alta qualidade valem cerca de 500 dólares. Antes era possível comprá-las por R$ 1200,00, com a alta do dólar o valor subiu para R$ 1750

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Peixes: O bacalhau já está mais caro. O IPCA-15 calculou o aumento de 6,75% a esse tipo de alimento.

Vinho e frutas secas: Os produtos, muito consumidos no Natal, ficaram mais caros com a alta do dólar, já que na grande maioria são importados.

A subida do dólar é influenciada por fatores internos e externos. No Brasil preocupam, além do impasse sobre o ajuste fiscal, a desaceleração da economia; a inflação acima da meta do governo federal; e até um possível racionamento de água e energia.

É hora de apertar o cinto!

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast