Ao empreender, a mensagem que é repetida a nós frequentemente é de “ter foco em seu SONHO e uma cabeça aberta”, para podermos entender melhor nosso entorno e refletir quais as melhores opções a serem escolhida nesta caminhada.

Para justificar esta frase podemos nos apoiar na taxa de empreendedorismo no Brasil que está em alta, conforme a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor(GEM), ”três em cada dez brasileiros adultos com idade entre 18 e 64 anos possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio”, um aumento de 34,5% nos últimos anos.

Mas, por outro lado entender o mundo de negócio, pode ser uma proposta meio audaciosa e complicada, baseado em um mundo vasto de informações e de necessidades a serem preenchidas por serviços e/ou produtos ainda embrionários.

Então, vamos começar a entender o nosso entorno refletindo para averiguar qual seria a melhor escolha de uma opção que temos para pôr em prática seu sonho empreendedor. Por isso é preciso buscar mais conhecimentos e estudar sobre:

  1. O atual cenário econômico
  2. A escolha uma área de atuação
  3. Se preparar para abrir o negócio próprio

Apesar do pessimismo existente no Brasil em que a economia brasileira teve uma alteração de direção, devido à instabilidade e a falta de perspectiva de médio e principalmente de longo prazo de crescimento no PIB, constroem um cenário de preocupação, com toda certeza.

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Existe uma perspectiva futura de retomada de crescimento e melhoria desta situação, assim você precisa identificar o mercado que atuará, não precisar ser global, mas sim um mercado de abrangência pequena onde você seja o único atuante do seu serviço e/ou produto.

O exemplo neste caso é fazer negócios em ambiente e lugares não explorados por outras empresas, de difícil acesso, para isso, mas também conseguir um setor que é possível operar com autorizações para seu funcionamento. Chamado de estudo prévio.

Mas, a crença está em mudar de vida através de seu trabalho, adquirido por experiência profissional e da adversidade encontrar alternativa viável para empreender. Abrir o negócio próprio e virar patrão é o desejo para garantir mais renda e um futuro melhor para a família.

 

Fonte: Região Sul da pesquisa Empreendedorismo no Brasil 2014 – GEM 2014, versão nacional para o projeto Global Entrepreneurship Monitor – GEM.

Fonte: Empreendedorismo na veia: um aprendizado constante de Rogério Cher.

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast