Sempre ouvi falar que por traz de um grande homem existe uma grande mulher. Posso afirmar que o inverso também é verdadeiro. Na publicidade ainda existem as famosas duplas de criação. No mundo dos negócios esta parceria também acontece e normalmente um executivo de sucesso sempre tem seu “braço direito”, alguém em quem confia e pode trocar ideias e decisões.

Podemos citar alguns bons exemplos de duplas que deram certo:

Warren Buffett, um dos homens mais ricos do mundo, tem uma parceria de mais de 50 anos com Charlie Munger. Para Buffett, ele não alcançaria tanto sem Charlie, um conhece o outro tão bem que em poucas palavras o outro já entendeu tudo.

Luiz Felipe Scolari, o Felipão e Flavio Teixeira, o Murtosa já tem uma parceria de mais de 30 anos. Hoje estão treinando a Seleção brasileira de futebol. Para esta dupla o ponto chave é a parceria.

Bill e Melinda Gates formam uma dupla de parceiros na fundação que levam seus nomes. Além da vida em comum como marido e esposa eles dividem a presidência da maior fundação privada do mundo. A dupla se completa e adoram compartilhar e trocar ideias.

Para muitos empreendedores esta formação de duplas não é possível e às vezes não é desejada. Este isolamento não é saudável para o negócio porem achar este parceiro que complete suas potencialidades não é fácil. Algumas destas duplas foram formadas por acaso. Mas quando o empreendedor não tem um parceiro é recomendado que ele procurasse um profissional Coach que poderá orientar, estimular e trocar ideias que podem abrir novas oportunidades. O negócio é nunca se sentir sozinho ou isolado como uma ilha. Você já encontrou seu parceiro de negócio?

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast