Passarei sim algumas dicas para superar com menor aspereza a crise econômica a que estamos mergulhados, porém, para mim o que mais importa é minha dica final…

Então, aqui vão algumas dicas simples e facilmente aplicáveis nas empresas:

  • DESAPEGO – Não fique preso a bens e estilo de vida, sua vida precisa mudar e se adaptar a uma nova realidade;
  • DÍVIDAS – Elas existem, é incontestável… então, assuma-as, planeje condições seguras para pagá-las, chame seus credores e negocie com base nas condições que você é capaz de pagá-las e não nas condições que o credor quer receber!
  • TERCEIRIZE – Toda atividade interna que é onerosa e que representa um custo fixo elevado, terceirize. Assim, você só pagará quando e quanto efetivamente for demandado, ao invés de arcar com compromissos financeiros impraticáveis.
  • MUDE – continuar fazendo a mesma coisa você só obterá o mesmo resultado… então, mude, crie, inove e aplique!
  • INOVE – saia da mesmice e surpreenda seus clientes!
  • SAIA DO VERMELHO – está utilizando seu limite de conta e do cartão de crédito? Quite-os com a máxima urgência e esqueça que eles existem, pois, tratam-se dos juros mais elevados que existem no mercado financeiro!

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

E agora a dica definitiva…

É notório que:

  • Existe uma crise econômica instalada
  • É a pior crise econômica desde 1990
  • Não se tem uma expectativa de mudança no curtíssimo prazo
  • O governo vem noticiando mais aumento na carga tributária e no custo de alguns itens essenciais

 

Com isso:

  • É lógico que sua empresa se ressente disso, afinal, ela faz parte dessa economia!

E o que é necessário?

  • Estar ciente de que ela existe, levantar a cabeça, organizar-se, replanejar seu negócio para retomar de forma agressiva e seguir adiante!

 

“Ficar parado, esperando a crise passar, reclamando de tudo e de todos não vai resolver os problemas do seu caixa! ”

 

Então… vamos à luta?

 

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast