Muitas vezes os empresários optam por realizar contratações para a sua empresa realizando apenas uma conversa informal, ou então, optam por contratar um conhecido de um amigo, uma indicação, sem preocupar-se em realizar uma entrevista e identificar os fatores de escolha.

Atualmente já é possível contar com diversos recursos que auxiliam na percepção de candidatos. Porém, a ferramenta mais utilizada e apontada como a mais eficiente em pesquisas, ainda é a entrevista.

Existem diversas formas de se fazer uma entrevista. Pode ser uma entrevista não estruturada, caracterizada por um bate-papo informal, sem perguntas pré-definidas, pode ser uma entrevista aberta, mas estruturada, ou seja, tem perguntas pré-estabelecidas, mas no decorrer da entrevista é possível abrir para outras perguntas que surgirem, ou a entrevista extremamente fechada, caracterizada por um questionário ou formulário.

Não há certo e errado, mas sim, aquela que mais se adéqua ao momento e a característica da empresa. A segunda opção, onde se definem previamente algumas perguntas, e no decorrer são realizadas outras de forma espontânea é normalmente a mais utilizada.

Na entrevista estruturada, é possível elaborar uma série de perguntas prontas, que devem ser feitas a todos os candidatos, a fim de possibilitar a comparação nas respostas de todos. Por exemplo, se você perguntar “Qual é a sua principal motivação para trabalhar?” obterá diferentes respostas. Ao fazer a mesma pergunta a todos os candidatos, você terá uma percepção de cada um, e poderá fazer a escolha de acordo com a sua preferência.

É importante também inserir perguntas baseadas em competências, que são perguntas que se referem a um comportamento já realizado no passado para obter um resultado. Por exemplo:

Competência de Comunicação:

1)      Conte um exemplo em que você realizou uma apresentação para um grupo. Como você se preparou e qual foi o resultado?

2)      Conte um exemplo em que uma comunicação sua foi mal interpretada, como você fez para solucionar o problema e qual foi a consequência?

Competência de Negociação:

1)      Conte um exemplo em que você fez uma negociação difícil. Qual estratégia você utilizou e qual foi o resultado.

Se você preferir, pode inserir uma avaliação numérica para cada resposta, assim no final terá um valor da somatória do desempenho, tornando a sua seleção mais técnica.

Se possível, quando a vaga envolver conhecimentos específicos, a sugestão é inserir um teste. Para complementar a seleção, outra sugestão é pesquisar sobre o perfil do candidato na internet e em redes sociais (Facebook, Twitter, LikedIn).

Vale lembrar que a entrevista só é eficiente, se for focada em mensurar o perfil previamente alinhado. Ou seja, é preciso cuidar para não se impressionar com aspectos que são desejáveis, e deixar as reais necessidades da empresa de lado.

Quanto mais planejamento e busca de informações nesse momento, mais chances de acerto!

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast