Economia e marketing sempre se cruzam e desta união podemos tirar boas lições. Como será o consumo em2014?

Tentar prever o mercado sempre é uma tarefa difícil. O que me deixa um pouco menos ansioso por não saber como será o futuro é lembrar que meus concorrentes também não sabem. Obviamente alguns podem ter mais informações que outros e chegarem a conclusões mais assertivas sobre o futuro, portanto, o mais importante é obter o maior volume de informações possível. Só com muita informação podemos tomar as melhores decisões.

Tudo indica que as taxas de juro devem continuar crescendo nos próximos meses. É uma tentativa de reduzir o consumo que está em alta. Porem as taxas de juro não deve subir a tal ponto de provocar uma queda do consumo significativa, será apenas para manter o nível equilibrado, afinal será um ano com Copa do mundo e eleição.

Mas qual o problema do consumo se manter aquecido? Não é isso que qualquer empresa gostaria?

Não existe problema nenhum da demanda ficar aquecida desde que as empresas também melhorem sua produtividade. Quando as pessoas passam a ter maior poder aquisitivo e, portanto, consomem mais as empresas precisam produzir mais e se não vencem produzir tudo que o mercado precisa falta mercadoria. O mecanismo para equilibrar isso é aumentar o preço porem a consequência é a Inflação. O custo do que acontecerá em 2014 será pago em 2015, se a demanda permanecer aquecida em 2014, provavelmente teremos maiores dificuldades em 2015.

Com estas informações da economia podemos pensar em nossas estratégias de marketing para 2014. Como você está planejando o próximo ano? Deixe seu comentário!

 

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast