Como o atleta mais condecorado na história olímpica, Michael Phelps é o maior medalhista olímpico (28 medalhas), o dono do maior número de ouros (23 medalhas) e o maior número de medalhas douradas e uma só edição dos Jogos (8 medalhas, em Pequim 2008). Ele ainda é o maior campeão individual e o maior campeão por equipes (com os revezamentos). Emergindo da aposentadoria para assumir uma rodada final de Jogos Olímpicos do Rio 2016, Phelps veio motivado para vencer.

Não há dúvida de que Phelps é um dos atletas fisicamente mais dotado de todos os tempos, mas seu sucesso também é devido a uma série de outros fatores. Seus métodos de visualização, estabelecimento de metas e preparação para qualquer tipo de cenário têm ajudado a posicioná-lo para o sucesso.

Então como é que o astro aquático faz para vencer? Aqui estão seis segredos para o sucesso que têm levado Phelps ser um dos atletas mais talentosos da história e que poderão te inspirar na hora de começar um novo negócio:

Estabeleça metas

Mesmo aos 8 anos de idade, Phelps definiu metas e imaginou um futuro nas Olimpíadas, como explicou ele durante uma das várias entrevistas que já deu.

Seus sucessos são em grande parte um produto da sua capacidade de definir e criar metas.

Phelps citou em uma entrevista que ele deixa seus objetivos escritos em algum lugar visível, para que quando ele acordasse visualizasse e lembrasse quais são suas metas e o que é preciso para conseguir.

Metas que te assustam, motivam ou forçam você a sair fora da sua zona de conforto são as únicas que vão empurrar você para o progresso de seu negócio.

Empreendedores estão cheios de sonhos e expectativas. Por isso, estão o tempo todo buscando solucionar problemas a partir de ideias criativas e inovadoras que precisam ser colocadas em práticas através de metas.

Visualizar

O treinador de Phelps na adolescência, Bob Bowman ensinou que no final de cada prática, ir para casa e visualizar como um filme a prova perfeita. Imaginar antes de ir dormir e quando acordar. O filme foi visualização mentalmente por Phelps : “Imaginando-se nadando na perfeição do início ao fim, avaliando a sua concorrência e repassando tudo até mesmo o menor dos detalhes, fez Phelps prever todos os detalhes que poderiam acontecer.

Bowman fez Phelps transformar essa rotina em um hábito que Phelps emprega até hoje. A noite antes de uma corrida, Phelps se imagina em uma prova, tanto do ponto de vista de alguém nas arquibancadas e do seu ponto de vista na água.

Você pode usar esta experiência para tentar perceber como consumidores enxergam sua marca, seu produto, como os concorrentes enxergam seu negócio e prever todos os detalhes antecipadamente.

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Prepare-se para todos os cenários

Através da visualização, Phelps também se prepara para qualquer cenário possível que pode ocorrer durante o tempo da prova. Ele traça um plano para cada situação, bom ou mau, isso ajuda Phelps psicologicamente a se preparar para qualquer coisa que possa vir a acontecer.

Durante os jogos de 2008 em Pequim, os óculos de Phelps quebraram no início do nado borboleta, no final de 200 metros. Embora a maioria iria pensar que a perda de sua visão no meio de uma prova olímpica poderia ser um motivo para pânico, Phelps continuou. Porque ele tinha mentalmente se preparado para tal situação, nada o segurou. Phelps contava as braçadas para que, caso entrasse água nos seus óculos de natação, ele soubesse a distância até a borda. Terminou a prova com um novo recorde mundial, mostrando o poder do uso da visualização e preparação mental de Phelps.

Mantenha o foco mesmo com resultados ruins

Phelps tem sempre em mente que ele faz o seu melhor, ele tem treinado, se preparado para conseguir isso. Bowman, seu treinador, sempre destaca que os atletas não devem focar sobre o resultado, mas sim no processo.

Phelps muitas vezes reitera que, independentemente de uma vitória ou derrota, você está perseguindo seus sonhos e realizando seus objetivos, então você nunca vai falhar. Ele observa o processo como um todo e não somente detalhes. Aprende com o erro. Não conte suas falhas, elas te levam para seu objetivo maior se conseguir supera-las.

Durante os Jogos Olímpicos de 2012 em Londres, uma série de vitórias de Phelps foi interrompida pelo Sul-Africano Chad le Clos, que bateu o nadador por 0,05 de segundo nas corridas 200 metros borboleta.

Motivada pela perda, Phelps estudou a vídeo da prova e percebeu onde ele tinha errado e o que ele precisava mudar.

Não desanime no decorrer do processo de seu negócio se houver contratempos. Aprenda com eles e supere.

Prática

Ninguém pode alcançar a excelência sem colocar tempo e esforço. Embora Phelps possa ser abençoado com o corpo do nadador ideal, Phelps nunca teria alcançado o sucesso sem prática e persistência.

Em preparação para os Jogos Olímpicos de 2004, Phelps treinou 365 dias por ano durante seis anos, disse seu treinador Bob Bowman durante uma entrevista. Não tinha Natal, Ano Novo e aniversário. Michael trabalhado mais do que qualquer um em qualquer empreendimento.

Seja dentro ou fora da água, Phelps sempre teve foco e trabalhou duro para alcançar seus sonhos.

CLIQUE AQUI E CONFIRA AS SOLUÇÕES QUE O SEBRAE TEM PARA AJUDAR VOCÊ E A SUA EMPRESA

Este conteúdo foi útil para você?


Este conteúdo foi útil para você?

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast