Esta talvez seja a pergunta que mais ouço em conversas com empreendedores. Como ter certeza se de fato uma oportunidade é boa ou não. É fácil perceber que o pano de fundo desta questão é a demonstração do quanto os empreendedores estão preocupados com os riscos de fazerem investimentos e não conseguirem o retorno desejado ou estão simplesmente pensando em ganhos fáceis.

Normalmente uma boa oportunidade está focada em alguns pilares que devem ser observados tais como:

  • Necessidades identificadas – Observe quais as necessidades que esta oportunidade busca atender ou quais problemas poderão ser resolvidos;

 

  • Escala – Fique atento ao público-alvo e o porte deste mercado, quanto maior for esta abrangência, maior a probabilidade de ser uma boa oportunidade;

 

  • Diferenciação – Quanto maior for o espaço para a inovação, maior é a chance de se tornar um negócio efetivo. Portanto demonstrar no que esta oportunidade é diferente das demais, faz com que a mesma se torne mais atrativa e pode conquistar clientes e investidores de forma mais rápida. Outro aspecto da diferenciação é a observação dos seus concorrentes. Fazer o mesmo que ele fatalmente acabará numa disputa por preço e não por valor agregado e ao cliente.

 

  • Observação e análise – Não é possível identificar uma oportunidade se você não for um bom observador, portanto será necessário usar ferramentas que te ajudem a fazer análise desta observação. Isto é fundamental para conseguir uma identificação mais precisa. Observe o fluxo de pessoas, observe os costumes, a frequência de repetição de determinados hábitos e costumes e descobrirá possíveis oportunidades. Algumas vezes será necessário reagir de formas diferentes das habituais, sair da sua área de conforto. Além disso, quanto mais a pessoa tiver habilidade e conhecimento para traduzir o que não está claramente escrito, maior poderá ser o resultado. Foi assim que muitos produtos de sucesso foram desenvolvidos. Tenho certeza que você tem uma porção de exemplos.  Embora ninguém confirme, mas a própria Apple talvez tenha desenvolvido o Ipod tendo como referência os antigos walkmans da Sony.

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

  • Busca de informações – Fique atento aos investimentos estruturantes que serão feitos no seu bairro, na sua cidade, na sua região. Normalmente estes investimentos levarão ao surgimento de novos elos de fornecimento e distribuição de produtos e serviços.

Em resumo para identificar uma oportunidade é necessário observar, registrar informações, analisar, comparar, mas isto não garante que seja uma boa oportunidade. A boa oportunidade depende da abrangência do mercado, da capacidade de diferenciação.

Uma boa ideia poderá ser uma boa oportunidade e poderá ser um bom negócio.

Se não for um bom negócio, não é uma boa oportunidade e logo não é uma boa ideia.

Mas sem ideias não haverá oportunidades e muito menos negócios.

 

 

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast