O Sebrae e as microcervejarias

Ela recebeu o título de paixão nacional é apreciada em todos os cantos do país. Cada vez mais os apaixonados pela bebida, aventuram-se na produção artesanal e encaram esse hobby como negócio.

O Sebrae/PR incentiva o segmento das microcervejarias por meio de ações que geram valor aos produtos locais por diferenciação e foco na qualidade sensorial do produto, gestão em excelência, inovação e ampliação de acesso ao mercado, promovendo o crescimento e o fortalecimento do setor.

Em dois anos de projeto foram atendidos mais de 130 empresários no Paraná.  Como forma de profissionalizar o setor, foram promovidas palestras, workshops, rodadas de oportunidades, missões de benchmark, feiras de negócios e aproximadamente mais de duas mil horas de consultoria fornecendo suporte necessário aos cervejeiros.

Mercado cervejeiro

Em 2018 o número total de cervejarias atingiu 889, sendo 210 novas fábricas, o que representa um crescimento de 30% do setor.

Tratando-se de registro em 2018 foram concedidos aproximadamente 6.800 registros para cerveja/chopp.

O Sul continua sendo a região com o maior número de cervejarias O Paraná ocupa a posição de 5 lugar com 93 cervejarias até dezembro de 2018, o que representa um crescimento de 40% em relação a 2017.

Cervejas Especiais

A cerveja é mais do que uma bebida, ela representa o resultado de uma mistura rica em ingredientes especiais: cultura, sabor e tradição. Com origens no Oriente Médio, o seu sucesso no Brasil começou em 1870 com a chegada da cerveja Britânica, que depois de um bom tempo perdeu espaço para a cerveja alemã.

A produção de cerveja artesanal começou com os imigrantes e a popularidade da bebida ocorreu no final do século XIX, dando início ao cenário favorável que observamos agora com a filosofia “Beba menos, beba melhor”.

Curiosidades

  • Estudo apontam que as cervejas existem há pelo menos 8.000 A.C.
  • As cervejas são classificadas por famílias e estilos. As famílias são Lagers, Ales e Sour. Dentro dessas três famílias existem mais de 150 estilos
  • Na antiguidade, a produção de cerveja era uma tarefa exclusiva das mulheres, chamadas de alewifes.
  • As cervejas são vendidas em garrafas marrons para proteger a bebida da oxidação pelos raios ultravioleta, que influenciam o seu aroma e sabor.
  • O lúpulo é uma planta, que utilizado na produção de cerveja é responsável pelo índice de amargor (IBU) e também grande influência no aroma.
  • Santo Agostinho é oficialmente considerado pela igreja Católica o Padroeiro dos cervejeiros.