Afinal de ​contas? Va​le a pena ​ter um blog para min​ha empresa​?

Você já pensou em fazer um blog para sua empresa? Pode ser uma alternativa rápida, barata e eficaz. Mas será mesmo que você precisa de um? No papel de advogada do diabo, elaborei algumas questões para você refletir e analisar com atenção:
Antes de mais nada: o que é um blog?

É um site que permite atualizações rápidas e inserções de artigos ou posts. Possuem um “tom pessoal”, isto é, muitas vezes fazem analogia aos antigos diários, onde o autor posta suas percepções. Geralmente misturam textos, imagens, links e até vídeos. Nele, os conteúdos são exibidos de forma cronológica e pode haver interação entre o blogueiro e seus leitores.
O que levar em consideração para optar ou não em ter um blog para minha empresa


O primeiro ponto a avaliar é: o seu negócio permite a criação de um blog e/ou seu público teria interesse em acessar e consultá-lo periodicamente?
Vamos supor que seus clientes não tenham o hábito de acessar a internet com freqüência.  Neste caso, você já tem a resposta: não vale a pena ter um blog. Por outro lado, vamos imaginar que você possua uma loja de confecções. E que o seu público alvo seja formado por jovens conectados. Neste caso, você poderia criar um blog sobre tendências de moda, com link para seus produtos para alavancar vendas, por exemplo.


Você ou algum funcionário da sua empresa possui tempo e disponibilidade para atualizações constantes?

Um grande pecado para quem tem um blog é não o atualizar. Se você não faz atualizações, na segunda ou terceira vez que seu público acessar seu blog ele estará exatamente igual. Sem novidades para ver, certamente seus clientes não voltarão. Além disso, faz parte da essência de um blog oferecer novidades e atualizações constantes.


Como anda o seu português? E sua escrita?

Não vale ter um blog quem tirou nota zero em redação. Erros de português e artigos mau escritos mais depõem contra do que a favor da sua empresa.
Imagens são fundamentais!
É muito chato e cansativo ler só textos na internet. Imagens para ilustrar reforçam sua mensagem e tornam o seu blog mais agradável. Mas cuidado ao utilizar imagens não autorizadas. Procure usar as de autoria própria, de bancos de imagens gratuitos ou comprados, desde com as devidas autorizações.
O que fazer com os comentários dos clientes no blog
Todos os comentários devem ser respondidos. Cuidado com os comentários ofensivos. Eles podem arranhar a imagem da sua empresa. Mas não se preocupe: um blog oferece moderação para os comentários. Isto é, você pode autorizar ou não, a sua exibição

Mas afinal de contas, o que eu ganho em ter um blog?
Listo a seguir as cinco principais vantagens que um blog pode trazer para sua empresa:
1. Divulgação e consolidação de sua empresa ou de sua marca
2. Interação com seus clientes
3. Promoção de produtos e serviços
4. Trazer novos clientes
5. Alavancagem/conversão de vendas


Você já tem um site? Para quê ter um blog também?

Se você já possui um site, avalie se você precisa ter um blog também. Uma boa alternativa é fazer um site juntamente com o blog, para potencializar seus acessos e gerenciar um único canal.
Tenha objetivos claros e trace metas
Não adianta nada ter um blog simplesmente por ter, sem um objetivo ou sem uma meta. Pense quantos acessos você acha que seu blog deve ter, quantos clientes você deseja trazer para sua empresa, quantas vendas você deseja fazer com a ajuda do blog. Uma boa dica para obter dados e fazer algumas análises é utilizar o Google Analytics. Aproveite, é de graça!

Tenho que pagar para ter um blog?
Sim, há custos. Para ter um blog bem feito, vale a pena investir em layout, ferramenta e contratar bons profissionais para desenvolver. Particularmente, recomendo a ferramentaWordPress. Fácil de usar, bem conhecida e conceituada no mercado.


Eu quero ter um blog e agora?

Se você optou por ter um blog, o próximo passo é pesquisar e se organizar. Avalie outrosblogs na internet e analise seus pontos fortes e pontos fracos. Colete referências. Busque por profissionais para sua construção, faça e compare orçamentos. Defina quem fará osposts e a freqüência das atualizações. Trace as metas do seu blog e alinhe com a estratégia de sua empresa. Estabeleça um cronograma. Pode parecer complicado, mas é mais simples do que parece.
Eu não quero ter um blog e agora?
Se você acha melhor não ter um blog, não há problema nenhum em sua decisão. Você poderá manter ou construir um site ou até mesmo criar uma fanpage no Facebook.

Sucesso e até mais!

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast