Ao contrário do que se pensa, as mídias sociais não são uma novidade. Elas existem desde os primórdios da humanidade.

E falando em primórdios, vamos antes de mais nada rever um fato. Muitos animais e seres vivos foram extintos, muito antes de sabermos de sua existência. Mas com o ser humano foi diferente. Nós sobrevivemos e evoluímos. Mas o que aconteceu de diferente conosco?

O fato de vivermos em grupo foi o que garantiu a sobrevivência de nossa espécie. Vivendo em grupos, pudemos ter mais chances durante uma caçada, cuidar melhor de fracos e doentes, achar mais abrigo e termos mais oportunidades para nos adaptarmos em diversas situações e diversos ambientes. E de acordo com o naturalista britânico, Charles Darwin, que aliás dispensa apresentações, não é o mais forte e nem o mais inteligente o que sobrevive. Mas sim aquele que mais se adapta às mudanças.

Vivendo em grupos, se faz necessário estabelecer uma comunicação para diversas situações entre todos. E é aí que surgem as mídias sociais. Nos tempos das cavernas, utilizávamos a pintura rupestre para registrar fatos e nos comunicarmos. Podemos dizer que era nosso antigo Facebook.

 

                                                                                 Antigo Facebook X Novo Facebook

Alguma semelhança?

Existiram também outras mídias sociais que já estão extintas. Vamos relembrar:

  • Sinal de fumaça
  • Pombo Correio
  • Agenda Telefônica
  • Lista Telefônica

Assim como a pintura rupestre na parede de uma caverna, muitas mídias sociais que já foram hit hoje estão extintas. Você se lembra daquela ferramenta de mensagens instantâneas, o ICQ? E do Orkut? As perspectivas futuras para o Facebook não são muito otimistas. Assim como futuramente, haverá outras mídias sociais da moda, que não existem hoje.

Aproveite o momento certo de cada mídia social para divulgar e melhorar os seus negócios!

 

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast