O cotidiano do empreendedor que estruturou o seu sonho em um negócio, terá inúmeras provas no dia-a-dia, exemplos como: levantar mais cedo, tomar decisões constantes sobre o funcionamento, atender cliente, negociar com fornecedores, realizar pedidos, atender telefone e registrar sua movimentação do dia.

Tais responsabilidades visam estabelecer hábitos que antes você não tinha e passa a exigir um comprometimento extra, principalmente no início. Esse início dar-se-á antes de abrir a portas para atender e conquistar a sua clientela. Aqui é importante ressaltar a importância de ter um planejamento, um mapa dos caminhos que terá que percorrer na realização da atividade que pretende explorar.

Dividir as responsabilidades, delegando tarefas a uma pessoa ou mais pessoas, muitas vezes é a melhor alternativa. Principalmente alguém que você conheça! Mas, lembre-se: NÃO se deve confundir o parentesco com o profissional. Seu empreendimento não é uma agência de colocação de mão de obra de parentes.

Quando acontecem essas situações é normal ser entre: a esposa, irmão (s), primos, pais, tios e namoradas, pode ser uma saída obvia, rápida e simples no início, principalmente quando está querendo desafogar as atividades iniciais e/ou precisa de pequenos auxílios.

O desafio aqui está em definir (descrever em contrato) qual a real função que “o parente” irá exercer, e, em outras palavras as responsabilidades que essa pessoa terá para clarear o seu real papel e não ter problemas futuros no relacionamento. Temos muitos exemplos positivos de famílias bem-sucedidas, tenha interesse em pesquisar e conhecer os caminhos que trilharam para este êxito.

Nesta situação é interessante buscar uma orientação profissional para encaminhar de maneira mais assertiva, assim evitando divergências no trabalho que possam invadir e desgastar seu relacionamento. Defina além da função, salário, horário, atividade que irá executar e se possível definir metas para que juntos possam atingi-las e se ajudarem na concretização de seu sonho.

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

É obvio que muitos relacionamentos surgiram e até amadureceram no trabalho diário, ligados ao mesmo propósito da concretização de um SONHO de ser empreendedor e da independência em criar e recriar novas soluções para as pessoas.

Importante é colocar essa situação em seu Plano de Negócio, assim ajudará na projeção dos custos e na organização das atividades que terá. É uma maneira eficiente de mensurar os caminhos que o negócio precisará percorrer, definindo os objetivos do empreendimento e metas que irá atingir.

O conjunto de ações e a estrutura que venha a definir para sua ideia, contribuirão significativamente no sucesso em ser um empreendedor, selecione alguns indicadores que ajudarão a medir a produtividade de cada colaborador, desempenho financeiro e da produtividade.

Aqui relembro que ser empreendedor vai além de constituir um negócio, e sim está na realização de algo que satisfaz e completa a sua existência. Por consequência este resultado se dará pelos produtos e serviços à disposição de parte e/ou de toda a nossa sociedade.

 

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast