Assim como no organismo humano, que ao dar espaço ao sedentarismo, permite com isso o surgimento de males e problemas de saúde tais como dificuldades vasculares, insuficiência cardíaca, pressão alta, além de tantos outros fatores agregados a falta de prática de exercícios físicos, tal é a vida de uma empresa que ao permitir que a rotina tome conte e o sedentarismo empresarial venha com força para contribuir com o despreparo para enfrentar as constantes dinâmicas da competitividade.

É fundamental, que o empresário desenvolva suas habilidades para inovação, praticar exercícios acompanhados de um “personal trainning” neste caso o especialista, comece com reconhecimento e valorização de boas práticas dentro da empresa, faça um autodiagnóstico para saber das suas limitações, conecte-se com fontes externas para adquirir conhecimento e informação, busque dicas de especialistas para desencadear um processo de mudança e trace planos que alinhe e assegure a boa integração entre a estratégia de negócios e a mudança proposta rumo à inovação.

Outro bom exercício é ter a habilidade de criar alguns aspectos de tecnologia “da casa” para gerenciar e executar projetos para desenvolvimento de novos produtos/serviços, processos do início até o lançamento. Enfim para que o exercício físico se torne um hábito é necessária à prática diária e acompanhamento até que se torne indispensável, da mesma forma e medida para que se consiga implantar o processo de mudança em busca da inovação dentro da empresa é indispensável gerenciar as mudanças introduzidas na empresa com o correto acompanhamento de forma que se torne um hábito até a aceitação e uso efetivo das novas práticas, produtos, serviços e ou processos, avaliando cada etapa da implantação da inovação, identificando lições para melhoria das rotinas de gestão, infraestrutura, pessoas e seus comportamentos e obter aprendizado numa roda viva sem fim.

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast