Não escrevi este post como eleitor ou torcedor, mas como um profissional de marketing que acredita, que apesar de tudo que já vimos (atrasos, obras inacabadas, jeitinhos, dinheiro mal investido etc..), ainda podemos aproveitar esta Copa para o bem do Brasil.

Argumento 1: toda Copa tem o “antes”, o “durante” e o “depois”. Se o “antes” não foi satisfatório vamos fazer melhor no “durante” e no “depois”. Isso não significa esquecer o que passou, quem prometeu e não cumpriu, quem impôs algo que não poderia ser feito ou quem aceitou o que não deveria ter aceitado deve ser cobrado e se necessário punido.

Argumento 2: estaremos expostos na mídia mundial durante 30 dias. Se tivéssemos que pagar por toda esta exposição sairia muito mais caro do que as obras que foram realizadas (ou não realizadas). Vamos aproveitar este momento durante a Copa para “mostrar a cara”

Argumento 3: Serão mais de 3 bilhões de espectadores em todo o Mundo. Em outros eventos similares a taxa de conversão é de 1% a 2%, ou seja, este evento trará para o Brasil no mínimo 30 milhões de turistas nos próximos 2 anos, isso é pelo menos 3 vezes maior que o atual volume de turistas. Temos que nos preparar para este momento depois da Copa.

Argumento 4: analisando friamente, a Copa é um negócio. Mesmo que sua empresa não tenha nada a ver com a Copa ela poderá se beneficiar com o dinheiro que circulará durante e depois da Copa. Não podemos perder esta oportunidade.

Argumento 5: sendo mais emotivo, não abandone o Brasil, abandone quem não fez o que deveria ser feito. Dezenas de outros países gostariam de estar no momento em que o Brasil se encontra. Temos que melhorar nossa autoestima neste momento.

Receba conteúdos exclusivos do Sebrae direto no seu email.

 

O que precisamos fazer:

– Atender bem os turistas com a cordialidade brasileira de sempre
– Evitar tirar vantagem de tudo
– Curtir o futebol como sempre fizemos. Torcer como sempre torcemos em outras Copas.
– Se quer reivindicar, reivindique, mas não coloque a vida, o patrimônio e a segurança de outras pessoas em risco.

Ainda temos mais dois tempos neste jogo e podemos transformar o “limão em limonada”. Não podemos esquecer que daqui 2 anos teremos a Olimpíada. A Copa está sendo uma dura lição e precisamos aprender algo para não cometermos os mesmos erros.

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Este conteúdo foi útil para você?
Sim0
Não0

Ei!? O que você achou deste conteúdo?
Compartilhe sua experiência

O seu endereço de e-mail não será publicado.
Todos os campos são obrigatórios.




Privacy Preference Center

Diminuir ou aumentar fonte
Contrast